Blog

Blog

Os Quatro Compromissos 1|4

July 10, 2018

Compartilho com você trechos do livro:

Os Quatro Compromissos - O livro da Filosofia Tolteca

 

Os Toltecas. Milhares de anos atrás, no Sul do México, os toltecas eram conhecidos como “homens e mulheres de sabedoria”.

Antropólogos se referem a eles como uma nação ou raça, mas na verdade eram cientistas e artistas que se associaram para explorar e conservar a sabedoria espiritual e às práticas dos antigos. Encontraram-se como mestres (nagual) e estudantes em Teotihuacan, a cidade antiga das pirâmides, próxima a Cidade do México, conhecida como o lugar onde o “Homem se Torna Deus”.

 

O primeiro compromisso: Seja impecável com sua palavra

O primeiro compromisso é o mais importante e também o mais difícil de cumprir. Com ele, você será capaz de transcender ao nível de existência que chamo de céu na Terra.

Seja impecável com sua palavra. Parece simples, mas é extremamente poderoso.

Por que sua palavra? Ela é o poder que você tem de criar, o dom que vem diretamente de Deus. Através da palavra você expressa seu poder criativo. É por meio dela que você manifesta tudo. O que você sonha, sente e realmente é serão manifestados mediante a palavra.

A palavra é a mais poderosa ferramenta que você possui como ser humano; é o instrumento da magia. Porém, como uma espada de dois gumes, ela pode criar o sonho mais belo ou destruir tudo ao redor. Uma das lâminas é o mau uso da palavra, que cria um verdadeiro inferno. A outra lâmina é a impecabilidade da palavra, que apenas cria beleza, amor e o céu e a terra. Dependendo de como é usada, ela pode libertá-lo ou escraviza-lo mais do que imagina. Ela é tão poderosa que uma única palavra pode mudar ou destruir as vidas de milhões de pessoas.

Durante a nossa domesticação, nossos pais e irmãos deram opiniões a nosso respeito sem sequer refletir. Acreditamos nessas opiniões e vivemos com medo delas – como, por exemplo, não ser bom em natação, em outro esporte, ou na arte de escrever.

 

Agora vamos examinar o significado da palavra impecabilidade, que quer dizer “sem pecado”. Impecável vem do latim pecattu, que significa “pecado”. O prefixo    ” im” é igual a “sem”; portanto, impecável é sem “pecado”.

Um pecado é algo que se faz contra si mesmo. Tudo o que você sente, acredita ou diz que se volta contra você mesmo – ou seja, toda vez que você julga ou culpa por alguma coisa – é um pecado.

Ser impecável é não contrariar a natureza. É assumir a responsabilidade por seus atos, sem julgamentos ou culpas.

Ser impecável com sua palavra é não usá-la contra você mesmo.

Se amo a mim mesmo, irei expressar esse amor interagindo com você, e então serei impecável com a palavra, para que aquela ação produza uma reação análoga.

Ser impecável com a própria palavra é empregar corretamente a sua energia; é usa-la na direção da verdade e do amor por você.

Se adotarmos o primeiro acordo e nos tornarmos impecáveis em relação a nossa palavra, qualquer veneno emocional será limpo de nossa mente e de toda a comunicação em nossos relacionamentos pessoais, incluindo nosso animal de estimação.

Você pode medir a impecabilidade de sua palavra pelo seu nível de amor-próprio. Quanto você ama a si mesmo e como se sente em relação a si mesmo são diretamente proporcionais à qualidade e integridade de sua palavra. Quando você é impecável com suas palavras, sente-se bem, feliz e em paz.

Ser impecável com a própria palavra. Este é o primeiro compromisso que você deve fazer se quiser ser livre, se quiser ser feliz. Use a palavra para espalhar o amor.

A impecabilidade da palavra pode levar à liberdade pessoal, ao sucesso e à abundância; pode facilmente dissolver todo o medo e transformá-lo em alegria e amor.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

Bob Clemps na Rádio Palermo

March 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga-me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Diálogos Sistêmicos

dialogossistemicoscontato@gmail.com

WhatsApp (11) 9.9909.3801

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

design by gustha.com